quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Educação Especial em Geografia: O ensino de gráficos histogramas para alunos cegos e de baixa visão por meio de práticas

"A disciplina geográfica constitui uma ciência que pode ser considerada uma ciência de síntese, na medida em que se utiliza de diversas técnicas e ferramentas para explicar a realidade e as transformações humanas na natureza. Dentre essas técnicas e ferramentas, podemos citar o uso dos mapas, tabelas estatísticas e gráficos que constituem meios de comunicação simplificados que transmitem dados e informações com clareza e objetividade. O presente trabalho, busca enfatizar o ensino geográfico por meio de gráficos de histogramas para alunos com deficiência visual, cegos e de baixa visão, buscando uma abordagem inclusiva que suscite no aluno a construção de um gráfico tátil, para a compreensão e a espacialização de um determinado fenômeno, escolhido pelos próprios alunos.
O ensino de gráficos constitui um importante meio de ensino para a geografia, sendo uma ferramenta indispensável para tal, estando presente na maioria dos livros didáticos utilizados nas mais variadas instituições de ensino. Com relação ao conteúdo ensinado em Geografia para alunos cegos e de baixa visão, a tendência apresentada pelas atuais políticas inclusivas visam o mesmo ensino destinado a alunos normovisuais deixando aos professores e instituições as adaptações
cabíveis para tal ensino.
Dessa maneira, o trabalho apresentado, busca mostrar uma maneira de equacionar o ensino apresentado pelas escolas regulares para alunos com necessidades especiais de ensino, cegos e de baixa visão utilizando materiais de baixo custo e que levem em consideração a apreensão da realidade desses alunos.
(...)
Os alunos realizaram uma pesquisa listando os bairros onde seus colegas da escola regular residiam, essa tabela foi simplificada e dessa simplificação, foi construído um gráfico tátil de histogramas para o qual foram utilizadas peças quadradas  com 5cm de base, construídas em velcro, coladas em uma base de feltro. Cada uma das peças representa um aluno, dadas as informações na tabela a seguir:

Em seguida, os alunos construíram o gráfico em relevo com as peças recortadas, escolhendo as texturas e cores para cada bairro. As peças foram afixadas na base em feltro se apresentando de acordo com a figura.

 
Os alunos perceberam que a maioria de seus colegas morava no centro da cidade, bairro onde se localiza a escola, sendo poucos os alunos que moravam em bairros distantes, além do centro da cidade os outros números expressivos de moradores são os bairros próximos ao centro. Durante a discussão do gráfico elaborado os alunos chegaram a conclusão de que o fator distância influencia na escola onde estudam.
A prática realizada inseriu os alunos na participação de um projeto de pesquisa, para a elaboração do produto final, o gráfico de histograma, o que constitui um processo de aprendizado A construção do conhecimento proposto pela prática realizada consiste no equilíbrio da construção do conceito científico e do conceito espontâneo, onde o ensino através de um mediador leva em consideração as experiências cotidianas do aluno valorizando a apreensão do mundo captada por ele. Constitui, portanto, um instrumento de aprendizado fundamental para a formação do conhecimento dos alunos com relação a construção, leitura e interpretação de gráfico em geografia."



Carine Guedes Duarte


Um comentário:

  1. Muito bom!!!

    Esse Blog será muito importante para enriquecer e aperfeiçoar os ensinamentos do curso.

    Parabéns.

    Clério.

    ResponderExcluir